O que você deve saber antes de comprar uma guitarra

Bem, pra começar, eu resolvi fazer esse artigo depois de perceber que não há muitos espaços que tragam as informações que eu procurei ao montar ou comprar minhas guitarras (são 5 as que mantenho, e contando), ou mesmo as minhas pesquisas a respeito das diferentes ofertas de peças que existem no mercado.

Mas sejamos diretos, sem antes dizer algumas premissas que são apenas crença do autor.

  1. Guitarra não é ciência, não pire apenas na madeira ou na Fender do Clapton. O Clapton não toca com essa guitarra.
  2. Nome no headstock apenas não faz guitarra. E quem se garante a gastar uma fortuna numa guitarra sem nome?
  3. Guitarra é como vinho. Prova disso são os adjetivos, “amadeirado”, “com toque de frutas vermelhas”, o escambau, “som mais quente”, “variedades tonais”. Eu acho que sei o que é vinho bom e vinho ruim. Por 400 reais a garrafa, deve ser muito bom. Vinte vezes melhor que o de 20 reais? Não sei.

Essas premissas já sacaneiam basicamente o resto do post, então eu vou falar sobre coisas técnicas e de estilo.

 

Guitarra Fender Eric Clapton

O que você precisa saber antes de comprar sua guitarra

O braço da guitarra

Braço GuitarraMais importante que o braço da guitarra é o seu braço! Sem brincadeiras! Na verdade a sua mão.

O neck de uma guitarra (braço no Brasil) precisa ser confortável. Existem diversos desenhos da circunferência de um braço, alguns mais largos e com menor espaçamento de cordas, outros largos e escala de menor curvatura. Teste diversos tipos de guitarra, faça alguns fraseados ao longo da escala para ver se está confortável ao longo do mesmo.

Conforto é o principal. Aquele papo de “tocar metal tem que ser Jackson ou Ibanez” ou “tocar blues só numa Gibson ou Fender”. Quem diz isso é porque é ruim. Tudo bem, tem uma verdade que não depende do braço, mas muito mais dos captadores.

O Hardware da Guitarra

Muita gente fica ali, apaixonada pela guitarra do seu ídolo ou pela imitação dela (vide a avalanche das cópias chinesas) e não se pergunta: essa guitarra desafina no meio da música? Pode ser uma questão de regulagem ou de tarraxas ou ponte sem-vergonha, o que acontece muito em modelos de preço baixo para médio.

Para quem não sabe, os pontos de contato da guitarra (nut, carrinhos da ponte ou saddles e bloco do tremolo) são as principais fontes de propagação do som. Quer dar aquela “crescida” no sustain? Comece por aí.

Captadores

Captadores GuitarraSingle coil ou humbucker? Bobinas duplas não captam duas vezes o som! Uma criança não troca 5 notas de 10 por uma nota de 50. Hum-Bucker, ou “eliminador de hum” é um captador que cancela o chamado 60-cycle hum, que é um som que parece interferência ou feedback produzido pelo campo magnético, um sonzinho abelhudo.

Captadores são casos à parte, não conheço outra peça da guitarra que apresente tanta variedade. São todos os gostos e sabores. A presença de um humbucker é muito diferente de um single coil. Guitarras ultra-versáteis normalmente possuem os dois, como as Fat Strats (fender com humbucker na ponte) ou superstrats (Ibanez, Jackson e adjacências).

Eu adoro captadores. Se as guitarras fossem vendidas sem eles seria sensacional. Captadores de fábrica foram feitos para serem trocados.

Toque desplugado, toque som limpo

É legal ir na loja e arrebentar na distorção daquele Engl, daquele Marshall que custa uma fortuna e está na loja há 10 anos. São coisas que queremos ter. Porém, quem vai ficar com a guitarra é você, na sua casa, com seu amp. Uma guitarra com boa ressonância tem um som relativamente alto desplugado. O som limpo revela mais facilmente o timbre da guitarra e as tais “características tonais” (esotéricas) da guitarra. E compare. Eu adorava vinho tipo Sangue de Boi até experimentar outro melhor. E vale o contrário. Descobrir o que soa bem ou não, sem ninguém te falar é o maior poder que você pode se dar.

Pesquise, saiba mais que o vendedor sobre o que você vai comprar

Setenta a Noventa por cento dos vendedores são músicos, o que é bom. Cem por cento dos vendedores são vendedores. Veja o modelo da guitarra que você já testou e pesquise. Youtube, especificações, comentários de outros donos, fotos e professores de guitarra, saiba mais. Aprender sobre o seu instrumento ajuda a melhorá-lo, e, se você não está no poder de compra Fender Custom Shop, sempre há o que se fazer. Pesquise possíveis upgrades. Além do mais, vai que você encontra aquela guitarra baratinha com som fenomenal? Acontece e não é pouco.

Valor de revenda

As únicas guitarras que se valorizam são normalmente aquelas que você não pode comprar, ou Tagimas turbinadas (que normalmente ficam na média de preço do instrumento usado + upgrade). Uma Fender sai da Loja por 4.700,00. Pra vender, já perdeu 1.500 até 2.000 reais. Se não quer perder dinheiro, não venda. Se quer ser feliz, não se preocupe com isso.

Você vai aprender a tocar guitarra como?

Existem alguns cursos de guitarra que você pode fazer sem sair de casa. É isso mesmo! E aí, nada melhor do que saber qual modelo de guitarra será mais fácil para começar sua jornada. Pense nisso, ok?

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *